quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

2014: O ano da colheita!

Olá!

Hoje vim falar aos amigos queridos de todos os cantos desse mundão meu Deus!
FELIZ ANO NOVO!!!

Que ele seja exatamente isso para vocês, um presente, uma dádiva! Uma oportunidade de fazer mais, de fazer melhor!

Esta manhã, quando liguei o computador, fiquei pensando o que colocaria de mensagem de início de ano para vocês meus queridos aí do outro lado da tela. Aí li algo que uma amiga escreveu que simplesmente traduziu exatamente o que eu sinto!

2014 O ANO DA COLHEITA

E é bem isso!!! Nesse ano desejo de todo o coração que você colha! Receba tudo o que plantou, semeou, trabalhou em 2013, que virem frutos concretos, felizes na sua vida!
Claro que a gente sabe que nem tudo é perfeito, nem tudo é festa e alegria. E que durante esse ano, quando esses momentos vierem, você, assim como eu, tenha sabedoria para entender que tudo faz parte de um aprendizado que precisamos passar.
Que tem um Deus muito maior, muito melhor que cuida de nós, está lá por nós, para nos atender quando precisamos.

Quando escrevi o post nesse mesmo dia em 2013 (aqui) estava com o coração cheio de esperanças e sonhos.
Sim, eu continuo sonhando. Mas as coisas aqui não andam fáceis. As vezes penso em juntar tudo nas malas, pegar a família e voltar correndo pro Brasil, minha zona de conforto. Mas não foi isso que plantei. Não é isso que de verdade eu quero. Então que nesse ano, assim como eu, desejo que você possa reconhecer seus medos e que mantenha a firmeza para enfrentar, lembrando que a colheita virá, o que a gente tem plantado na hora certa vem.

Nossa ceia de ontem foi muito boa, agradeço muito aos amigos que nos proporcionaram tanta fartura! Mas triste, melancólica por algo que aconteceu logo no início da reunião, fez com que viéssemos aqui para minha "casa" que não tem mais que 2 cadeiras para sentar. Fiquei triste por não oferecer mais conforto a quem com tanto carinho nos recebeu.

Hoje acordei de coração dolorido pelo meu marido. Primeiro dia do ano, ele acordou às 05hs da manhã para trabalhar. Ele, estudioso, talentoso, meu orgulho, exemplo para mim. Estava tão triste por disperdiçar tempo, por não poder atuar na própria profissão, por não estar conosco nesse primeiro despertar do ano e eu querendo tanto ajudar, fazer algo para que ele se sinta melhor. Mas não sei o que fazer.

Apesar de tudo que não anda bem, eu tenho uma certeza, algo que só a fé traz, que Deus está olhando tudo isso, todo o nosso esforço, todas as dificuldades. Eu SEI que Ele, no seu infinito amor, não permitiria que tudo isso nos acontecesse se não fosse importante, necessário para o nosso crescimento.

Que 2014 seja o ano do resgate da fé. Esse dom tão maravilhoso de Deus que nos ajuda tanto quando as coisas estão difíceis, que é confirmada quando estamos bem.

Algumas coisas nunca mudam. A fé que escrevi no post do ano passado, a certeza que meu "sonho-meta" e "sonho-objetivo" se realizariam - moro na Nova Zelândia afinal! - só confirmam que as coisas vão melhorar. Porque a gente vêm lutando por isso, meu marido tem se mostrado um super companheiro, um batalhador, dono de uma força que sempre esteve lá e nunca tinha se mostrado tão presente.

Assim como em 2013, nesse ano agradeço a você que lê o blog que com tanto carinho e paciência e que tão despretenciosamente criei em 2012. 
Agradecendo os comentários, as visitas, e-mails, a confiança no que eu coloco aqui.

Termino este post como o último de 2012, desejando com todas as minhas forças a você que está lendo este post que em 2014 você tenha saúde para os desafios que virão (lembrando o saudoso Raul Seixas que é de batalhas que se vive a vida), coragem para ir atrás do que realmente você quer e amor. Que nesse ano, o amor escorra aos litros pra você (salve Nando Reis).

Ahhh e se puder, volte aqui, tá!?!

Abraço grande, feliz ano novo!

Dani