sexta-feira, 14 de junho de 2013

Épocas de vendinhas!

Olá!


Começo este post agradecendo as mensagens que tenho recebido de apoio, carinho e histórias semelhantes, sempre com o final feliz que pretendo com o meu marido: encontrá-lo em breve! Leio todas as mensagens, todas foram (e são) muito importantes para saber que não estou só e ajudam muito a fazer desses dias difíceis não tão difíceis. Meu abraço e beijo carinhosos.

Continuando ainda no mesmo tema, com o meu marido longe e enquanto eu e o David não pudermos ir, como não nasci rica nem tenho pé de dinheiro, preciso "fazer algum" pra me manter e ao meu filho (com 30 anos de idade não dá pra ficar aceitando o mãetrocínio), então vão os produtos à venda:

1. Extrator de Leite Elétrico Importado dos EUA: R$ 130,00 (VENDIDO)


2. Extrator de Leite G-Tech Comfort Manual: R$ 60,00



 3. Berço cama Sol Mar - Divicar: R$ 1.000,00 (VENDIDO)



4. Roupeiro Sol e Mar - Divicar: R$ 1.000,00 (VENDIDO)



Eu sei que parece "salgado" o preço do jogo de quarto, mas o material é muito bom mesmo e está com 50% de desconto. Quem quiser eu posso vender com a nota fiscal em que consta o valor de compra.

Por hora é isso, mas tem mais, muito mais... 


Abração,

Dani

Ahhh, se você gostou do post, recomende com g+1 (aqui embaixo), compartilhe no seu facebook e twitter! Eu fico imensamente agradecida!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Até breve, Minha Vida

Hoje eu vi o melhor de mim tomar um avião e ir pro outro lado do mundo. É claro que nos veremos em breve, mas o que eu faço com essa sensação de coração arrancado do peito que sinto?

Nesses 8 anos de relacionamento, difíceis, suados e absolutamente felizes, nunca fiquei tanto tempo longe do meu marido. Mesmo com a certeza que nos reencontraremos em um mês ou dois, a dor e o vazio que sinto são sufocantes.

Olhar as gavetas vazias, os cabides soltos no armário, o espaço na cama... espero que esse tempo passe tão rápido quanto um piscar de olhos, porque viver sem o melhor pedaço do meu coração que ficou expremido aqui no meu peito é o momento mais trabalhoso que já tive que passar.

É difícil escrever com as lágrimas correndo pelo rosto, estou tentando não entrar nessa vibe até porque só não fui com ele por causa do David, nosso filho lindo que já tem 1 ano (um homenzinho!)... mas oxa... como está complicado.

Estou tentando me conformar que é para o nosso bem, nesse dia dos namorados ganho de presente a chance de uma vida melhor, de paz e harmonia não apenas em família, mas com o ambiente. Espero, rezo, torço para que dê tudo certo o quanto antes. Não sei o quanto tenho forças pra segurar o fôlego.



Minha Vida, meu amor, meu Tadashi... vai com Deus, que Nossa Senhora te cubra de bençãos nessa nova etapa na longa jornada das nossas vidas.

Beijos,

Dani